Firulas

“Firulas”
Em “Um grifo-pedrês”, p. 43

Eu não adiro a firulas.
Prefiro um bom jogo de cama
ao insulto banal.

Enquanto a vida nacional
estiver presa à lama
eu vou de bico à sinuca,
abdico do acato à autoridade,
purpurino a minha cara
e vou brincar o carnaval.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.