Reconstruindo Morrissey

Eu sempre fui uma pessoa musical. Aos nove anos, eu já tinha artistas preferidos e eles eram Gilberto Gil, Prince e Morrissey.

Este último, em 1984, quando o descobri, cantava na banda The Smiths. De cara, sem saber por que, o som dos Smiths me tomou completamente.

Com o tempo, compreendi a razão da minha fixação pelas músicas criadas pela dupla genial formada pelo cantor compositor, Morrissey, e o guitarrista, Johnny Marr:

As letras do Morrissey, de grande valor poético, refletiam sobre as contradições do capitalismo. Além disto, elas falavam sobre as angústias de se ser “diferente”, numa sociedade profundamente marcada pela exclusão e pela opressão dos mais fracos.

Para um adolescente descobrindo-se gay, a voz do Morrissey era a voz de um amigo íntimo, quase. Fui um fã ardoroso da banda desde o primeiro momento. Durante décadas, eu ouvia pelo menos uma de suas músicas, diariamente.

A partir de 1987, com o seu encerramento, passei a idolatrar o Morrissey em carreira sol. Para o meu sofrimento, em meados dos anos 2010, eu tive que romper com ele, devido aos seus posicionamento cada vez mais insidiosos, ligados a ideias articuladas pela extrema direita.

Vivi um luto dolorido com esta ruptura. Posso dizer que MOZ foi o primeiro ‘minion’ posto para fora da minha vida.

Desde 2018, eu não ouvia sequer uma música cantada por ele. Até que, no sábado passado, dia 07 de Maio, durante uma faxina, resolvi conhecer o seu álbum mais recente, “I am not a dog on a chain”, lançado em 2020.

O resultado desta reação está neste vlog. Nele, eu mostro como correu a experiência e como a minha percepção das músicas presentes no álbum reflete as mudanças que o meu gosto sofreu, após a eclosão dos neofascismos, dos quais, como um homem gay, sinto-me particularmente vítima.

E você, conhece o The Smiths ou o Morrissey?

Tem alguma opinião sobre a sua música e a sua guinada à direita?

*

Como financiar o meu trabalho
– Agende consultas de Tarô e Astrologia https://muriloguimaraes.com/taro

– Conheça o projeto de poemas dançantes RG:Murilo https://rgmurilo.bandcamp.com YTB: https://youtube.com/channel/UCNO45_BC…

– Compre o meu livro de poemas, “Um grifo-pedrês” https://editoraurutau.com/titulo/um-g…

– Faça uma doação em dinheiro
Pix (BR): contatorgmurilo@gmail.com
MBWay (PT): 968 305 520

Siga-me nas redes sociais
https://instagram.com/rgmurilo
https://facebook.com/rgmurilo
https://twitter.com/rgmurilo

https://muriloguimaraes.com

Obrigado!
Até a próxima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.